imagem

imagem

..

24 de mar de 2012

Próximos shows


Grupo Restart registra momento de tremor no México

Em turnê no México, Pe Lanza, da banda Restart publica fotos de terremoto ....


Os integrantes da banda Restart, que estão no México em turnê de lançamento do CD “Recomezar”, sobreviveram ilesos ao terremoto de magnitude 7,4 que atingiu o país na tarde desta terça-feira e deixou 11 feridos. Após o tremor, o vocalista e baixista do grupo, Pe Lanza, publicou fotos do incidente em seu Instagram.
Uma delas mostra a enorme rachadura de uma parede que, de acordo com o jovem músico, pertence ao hotel onde eles estão instalados.
Foto: Pe Lanza e Thomas mostram enorme rachadura em parede / Reprodução / Instagram
“Olhem que sinistro no meu andar do hotel!”, escreveu ele no seu perfil do Twitter. Também através do microblog, Pe Lanza tranquilizou seus fãs: “Tremeu TUDO aqui meu povo! Mas tá tudo bem, fiquem tranquilos! Até terremoto já passou na minha vida hein!”.
Foto: Pe Lanza, dez minutos antes do terremoto / Reprodução / Instagram
Estúdios do Chaves
Os músicos paulistanos aproveitaram a viagem para conhecer os estúdios da Televisa. “Aqui foi gravado apenas Chaves e Chapolin Colorado. Pouca moral, né?!”, escreveu Pe Lanza.

Restart lança CD no México


O grupo Restart, de Pe Lanza e companhia, está esta semana no México para divulgar o CD “Restart – Recomenzar”, que acaba de ser lançado no país.
Os integrantes da banda estão se dedicando a dar entrevistas para os veículos locais, além de atender a fãs. O mesmo álbum já foi lançado na Argentina.
Restart no Mexico (Foto: Divulgação)Os integrantes do Restart com fãs no México (Foto: Divulgação)

Restart no Mexico (Foto: Divulgação)O grupo Restart em uma sessão de fotos no país (Foto: Divulgação)

Restart no Mexico (Foto: Divulgação)O grupo Restart no México (Foto: Divulgação)

Restart no Mexico (Foto: Divulgação)Os integrantes do Restart (Foto: Divulgação)

23 de mar de 2012

Arriba, Restart! Em entrevista exclusiva, Pe Lanza conta tudo sobre a viagem da banda ao México!



Por Aline Vieira às 19:20
Foto: Acervo

Pe Lanza, Pe Lu, Thominhas e Koba ficam no país até sábado (24/03) divulgando o álbum em espanhol. Saiba tudo o que está rolando por lá!

Prepara o sotaque espanhol e solta um "ay ay ay, que chicos preciosos" com a gente! É que a bandaRestart está no México desde o final de semana para divulgar "Recomenzar", o álbum da banda em espanhol. Apesar da agenda supercorrida, a banda reservou um tempinho para conversar com a CAPRICHO e contar para você, leitora do site, tudo o que anda rolando por lá. 

Nesta entrevista, Pe Lanza diz o que ele e os meninos estão gostando mais no país e aproveita para contar como foi enfrentar um terremoto por lá (Éééé!)Confira!

CAPRICHO: Estamos com ciúmes das mexicanas, hein? O que a Restart foi fazer por aí?
Pe Lanza:
 (risos) A banda veio aqui para o México fazer uma bateria de divulgação. Estamos indo a programas de TV, de rádio, dando entrevistas para jornais... É que nós lançamos o CD em espanhol, né? São 8 músicas em espanhol e 4 em português. Queremos marcar presença!

Vocês têm muitas fãs mexicanas? Como está sendo a recepção?
Ainda é um movimento menor, mas já temos fã clubes por aqui, já temos gente que conhece bastante da banda. Eles são muito interessados por música. O pessoal aqui sente falta de um fenômeno maior, como foi o RBD. 

E vocês estão se virando bem com o espanhol? Ou está rolando muito portunhol?
(Risos) A gente entende tudo bem. Estamos falando superbem também. O problema é que como estamos acostumados com o português, sempre demoramos um pouquinho mais para falar o que queremos, né? O Pe Lu, por exemplo, fica fazendo brincadeiras em espanhol o tempo todo. Ele traduz as piadas que faz em português para o espanhol e todo mundo dá muita risada!

Você disse no seu Twitter que você iria fazer uma visitinha na Televisa (maior rede de TV do México). Você foi? Encontrou alguém famoso, tipo os RBD?
(Risos) Pô, eu fui sim! Foi demais! A Televisa tem 4 canais aqui e é muito forte aqui. Mas a gente não encontrou não. O mais famoso que encontramos foi um cover do Seu Madruga, do “Chaves”. (risos) Pô, o cara é igualzinho! Até pedi pra tirar foto com ele! 

E o que você mais está gostando daí? Está dando tempo para aproveitar?
Pô, tá tudo muito legal aqui! A piscina aqui tem que ser aquecida, né? O vento é supergelado por causa da altitude! Fora isso, nós estamos saindo todo dia. Tudo é mais barato, então nossa rotina aqui é divulgar o álbum, voltar para o hotel, tomar banho de piscina e sair à noite! Estamos visitando todos os bairros aqui e conhecendo bastante da cultura!

Foto: Bruno Maia/Divulgação

Legal! Mas vocês estão saindo de balada?
De balada não! Vamos pra barzinhos e tal. Ainda não fomos para  a balada!

E como são as mexicanas? Já levaram algum xaveco de umas "chicas"?
(Risos) As mexicanas são meio na delas, viu? Mas quando percebem que é brasileiro, que está falando outra língua, ficam encantadas! Esses dias fomos num bar e as garçonetes ficaram puxando papo. Foi muito divertido! Fora isso, não rolou nada com uma mexicana ainda! (Risos)

E a comida daí? Estão sofrendo com a pimenta?
Demais! Fomos num restaurante com uns caras da gravadora esses dias. O cara sentou e resolveu pedir os "huevos rancheros" ("ovo frito" em espanhol) pra gente. O cara explicou para a garçonete que nós éramos brasileiros e que não estávamos acostumados com comida muito picante. Mas quando demos a primeira bocada, foi sinistro! Depois disso, parei de comer comida daqui. To vivendo de McDonalds e no Burger King! (Risos)

E que história é essa de terremoto? Onde vocês estavam quando aconteceu?
Nossa, o terremoto! Estávamos na rua na hora, em um café, e nem levamos a sério. O Koba estava filmando tudo e a gente estava zoando, tipo imitando o "Globo Repórter", sabe? Falando “Estamos aqui no México e está tremendo tudo”. Só que quando vimos que as pessoas realmente estavam assustadas, falei pra ele desligar a câmera na hora!

E aí? Curtiram a entrevista? Comentem!