imagem

imagem

..

19 de dez de 2011

Fã clube faz música do Restart tocar em rádio francesa


Parece cômico, mas os integrantes da Rádio Néo, localizada na França, estão em estado de choque com o poder que o fã clube do Restart tem sobre as redes sociais. Tanto que a emissora postou um artigo na última terça-feira (13), em seu site oficial, falando exatamente sobre este imenso poder que um fã clube pode ter.
“O Restart é um grupo brasileiro muito popular em seu país que em seu currículo um disco de platina (100 mil cópias vendidas de seu álbum homônimo), mais de 600 mil seguidores no Twitter e campanhas promocionais em quase todos os países. Sim, no Brasil eles fazem música também, não é só futebol”, ironizou.
Em seguida, contaram que receberam inSalvar agoraúmeras mensagens através do Twitter solicitando que as músicas do Restart fossem tocadas durante o programa Le Labo. Assim, a equipe da rádio decidiu tocar trechos das músicas Menina EstranhaNosso Rock eMatemática e foram surpreendidos pelas várias mensagens de agradecimento em francês e português.
“Nós não podíamos imaginar o que iria acontecer... Os emails e as mensagens via Twitter passaram a fluir com uma velocidade alucinante: uma mensagem por minuto, cem novos seguidores em uma hora e várias centenas de retweets. O entusiasmo e a loucura dos fãs atinge seu máximo. Hoje, neste momento que escrevo estas linhas, ainda estamos submersos e tudo isso se passou há dois dias. Talvez nossos servidores caiam, talvez nos mudemos para o Brasil, talvez tenhamos que aprender português. Talvez tenhamos que apresentar outros trechos de Restart no Le Labo esta noite entre 21 e 23 horas na França”, comentou.
A rádio também mostrou uma imagem das várias mensagens em português e francês que tem recebido dos fã clubes brasileiros. A equipe também salientou que a rádio nunca havia passado por uma situação semelhante.
“Este exemplo ilustra bem, e está longe de ser o único, a velocidade em que a informação pode circular. Isso mostra perfeitamente que é possível agitar o universo unindo o poder do rádio com o das redes sociais. O impacto é enorme e difícil de medir. É a primeira vez que a Radio Néo passa por esse tipo de situação. Mas... a pergunta que fica é: por que um artista brasileiro e não um francês? Fora isso, como é esse grupo brasileiro? Se seus fãs são tão ativos nos sites de streaming, isso vai ser engraçado”, finalizou.
Procurada pelo site O Fuxico, a assessoria do Restart não tinha tomado conhecimento sobre este movimento e informou que o grupo não possui nenhum fã clube na França, tendo apenas em países da América Latina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário